Certificado Digital

Transparência

Serviços

Notícias

03/04/2018

Municípios paranaenses receberam R$ 502 milhões em repasses de ICMS em março

Os 399 municípios do Paraná receberam ao longo do mês de março R$ 502 milhões em recursos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O valor repassado pelo Governo do Paraná corresponde a 25% do que foi arrecadado com o tributo em todo o Estado. Nesta terça-feira (3), a primeira transferência de abril somou R$ 68,7 milhões. Com o novo valor, os municípios do Paraná já receberam R$ 1,977 bilhão em 2018. 

Os recursos são repassados de acordo com o índice de participação de cada município na divisão tributária do Paraná. Na primeira semana de março, os repasses foram de R$ 45,2 milhões. Na segunda, o valor chegou a R$ 133 milhões. Na terceira semana foram repassados R$ 272 milhões e, na quarta semana, o valor chegou a R$ 51 milhões.

Do valor repassado nesta terça, Curitiba irá receber o maior montante, com R$ 7,2 milhões, seguida de Araucária (R$ 4,8 milhões); São José dos Pinhais (R$ 3,2 milhões); Londrina (R$ 1,8 milhão); Foz do Iguaçu (R$ 1,6 milhão); Ponta Grossa (R$ 1,6 milhão); Maringá (R$ 1,5 milhão); Cascavel (R$ 1,3 milhão); Toledo (R$ 1,1 milhão) e Guarapuava (R$ 843 mil).

Ao longo de fevereiro, os municípios receberam R$ 39,824 milhões na primeira semana, R$ 261,081 milhões na segunda semana, R$ 121,611 milhões na terceira semana e R$ 111,8 milhões na quarta semana, totalizando R$ 534,319 repassados no mês.

Em janeiro, o Governo do Paraná transferiu aos municípios paranaenses R$ 873 milhões relativos ao valor do ICMS arrecadado. Foram R$ 131 milhões na primeira semana; R$ 31,2 milhões na segunda; R$ 283 milhões na terceira semana; R$ 174 milhões na quarta e R$ 253 na última semana do mês.

Em 2017, os repasses de ICMS aos municípios totalizaram R$ 7,24 bilhões, o que representa acréscimo de 11,6% sobre as transferências do exercício anterior, ou R$ 750 milhões a mais.

Veja a tabela com os repasses do dia 3 de abril aos municípios do Paraná clicando aqui.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.