Certificado Digital

Transparência

Serviços

Notícias em Destaque

12/07/2017

Rede feminina de combate ao câncer recebe prêmio do Nota Paraná

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de União da Vitória, no Centro-Sul do Paraná, está entre os contemplados com os três maiores prêmios do sorteio de julho do programa Nota Paraná. A instituição sem fins lucrativos ganhou R$ 20 mil. O prêmio de R$ 30 mil saiu para Thiago Fernando de Azevedo, de Curitiba, e o maior, de R$ 50 mil, para Lilian Marlies Steures Moreira, de Ponta Grossa. 

Ao entregar os prêmios, o governador Beto Richa destacou o sucesso do programa. “O Nota Paraná superou as nossas expectativas com um grande número de consumidores que colocam o CPF na Nota. Com isso, eles têm uma substancial redução da carga tributária individual. Além disso, o programa ajuda a combater a sonegação, a concorrência desleal, e contribui para aumentar a arrecadação do Estado, que na mesma medida pode melhorar os serviços prestados à população”, afirmou Richa. 

SALVAR VIDAS - A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Giorgia Schwegler, recebeu o prêmio e afirmou que os recursos arrecadados com o programa ajudam a instituição a melhorar a qualidade de vida das pessoas que sofrem com a doença. “Com o dinheiro vamos comprar equipamentos, que vão ajudar a salvar vidas”, disse. 

CINCO MILHÕES - Com o sorteio de julho, o número de prêmios disponibilizados aos participantes do Nota Paraná chega a cinco milhões. Todos os meses são sorteados 250 mil prêmios entre os contribuintes que colocam o CPF nas notas fiscais de compra no varejo. O sorteio de julho (de número 20) pagou R$ 2,84 milhões. Neste mês foram liberados R$ 29,9 milhões em créditos, dos quais R$ 3,3 milhões destinados a instituições sem fins lucrativos. 

“Quase tive um infarto”, comentou a dona de casa Lilian Moreira, de Ponta Grossa. “Eu estava fora e meu filho me ligou para contar”, disse Lilian, que pede documento fiscal em todas as compras que faz. Agora, com o dinheiro extra, planeja fazer uma viagem em 2018. “Tinha acessado o site uma única vez, para realizar o cadastro no programa e nem sabia que tinha valores para resgatar. Quando olhei que havia um saldo de R$ 1.300 achei que esse era o meu prêmio. Quando soube que era R$ 50 mil, quase caí, sorte que eu estava sentada”. 

Outro que ficou surpreso com o prêmio foi Thiago Fernando de Azevedo, analista de operações de segurança do Ministério Público Estadual. “Comecei uma construção e me cadastrei no programa. Já ganhei prêmios menores, também”, conta ele, que foi sorteado com R$ 30 mil. “Quando me ligaram achei que era para comprar cartão de telefone ou alguma coisa assim. Depois olhei no site”, disse ele, que irá usar parte dos valores para pagar contas. 

O Nota Paraná foi criado em 2015, como uma das medidas do ajuste fiscal realizado pelo Governo do Estado. O secretário estadual da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, afirmou que o programa se consolidou como um sucesso absoluto, chegando ao seu 20º sorteio e beneficiando mais de 14 milhões de pessoas, muitas de fora do Paraná, que já informaram o número do CPF na Nota. 

“Promovemos uma mudança cultural no Estado. Antigamente, as pessoas só solicitavam a nota fiscal quando mal atendidas nos estabelecimentos comerciais, como se isso fosse uma penalidade ao comerciante. Hoje esse hábito se incorporou na rotina do paranaense, trazendo benefício para todos”, disse. 

O Nota Paraná conta com 1,63 milhão de pessoas cadastradas e já disponibilizou R$ 573 milhões em prêmios e créditos. O placar está no site do programa (www.notaparana.pr.gov.br). 


Rede Feminina atende a 300 pessoas 

A felicidade de Giorgia Schwegler, presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de União da Vitória, se estende aos cerca de 300 pacientes atendidos atualmente pela entidade. A Rede participa do Nota Paraná desde que o programa foi lançado, em junho do ano passado, e todo mês recebe créditos. Porém, é a primeira vez que chega ao “pódio” e ganha um dos principais prêmios. 

O dinheiro já tem destinação. Colchões pneumáticos, aparelhos para uso de oxigênio e outros equipamentos passarão a estar disponíveis aos pacientes da cidade e região atendidos na entidade, a maioria sem recursos financeiros para enfrentar a doença. “Os recursos arrecadados com o programa Nota Paraná nos ajudam a melhorar a qualidade de vida das pessoas que sofrem com a doença”, disse Giorgia. 

Para aproveitar mais os créditos concedidos pelo programa do governo estadual, a Rede espalhou 100 urnas em comércios da cidade e conta com o apoio da população. “A comunidade é parceira em nosso trabalho e destina notas fiscais à nossa instituição. É uma forma de reconhecimento”, comentou a presidente. 

COMO DOAR - Há duas formas de fazer as doações para as instituições cadastradas no programa (elas atuam nas áreas de assistência social, saúde, defesa e proteção animal, desportiva e cultural). O contribuinte pode solicitar a nota fiscal, sem informar o CPF, e digitar no sistema do Nota Paraná os dados do cupom, encaminhando os créditos para a entidade beneficiária. Outra possibilidade é, sem informar CPF, depositar a nota fiscal em urnas instaladas pelas entidades, que irão recolher os documentos e digitá-los no sistema.

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.